Moscou, 22 dez (EFE) - A exportadora estatal de armamentos russos Rosoboronexport afirmou hoje que a Rússia fornece ao Irã armamento exclusivamente defensivos, como são os sistemas de defesa antiaérea.

No entanto, a fonte não fez referência ao moderno sistema de mísseis terra-ar S-300 que, conforme informaram na véspera veículos de comunicação iranianos, a Rússia já começou a fornecer ao Irã.

"A cooperação militar entre Rússia e Irã se desenvolve em estrita conformidade com as obrigações internacionais assumidas pela Federação da Rússia dentro dos regimes de não-proliferação e não podem ser motivo de preocupação para outros Estados", destaca o comunicado da Rosoboronexport.

A nota, divulgada pelas agências russas, ressalta que "as perspectivas de cooperação com o Irã, da mesma forma que com outros países, por razões óbvias, podem ser discutidas só com os próprios clientes".

A exportadora russa lembrou que a Rússia já forneceu ao Irã foguetes antiaéreos Tor-M1.

Também hoje, o Serviço Federal de Cooperação Militar (SFCM) da Rússia desmentiu que forneça ao Irã os mísseis antiaéreos S-300.

"A informação sobre o fornecimento ao Irã de sistemas de defesa antiaérea S-300 não condiz com a realidade", afirma uma nota oficial do SFCM, divulgada pela agência "Interfax". EFE bsi/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.