Rússia diz que usará todos os meios para defender Ossétia do Sul

Moscou, 1 ago (EFE).- O Ministério da Defesa da Rússia declarou hoje que se reserva o direito de usar todas as forças e meios disponíveis para defender a população da Ossétia do Sul e os militares russos posicionados nessa região separatista georgiana reconhecida por Moscou como Estado independente.

EFE |

Nos últimos dias, denuncia um comunicado dessa pasta, a capital da Ossétia do Sul, Tskhinvali, foi submetida várias vezes a fogo de morteiros e lança-granadas a pertir de território georgiano.

"Foi bombardeado um posto de observação de uma unidade da república da Ossétia do Sul, o que é uma mostra do caráter provocador dessa ação", afirma a declaração, divulgada pelas agências locais.

O Ministério da Defesa da Rússia qualificou esses fatos de uma "tentativa das autoridades da Geórgia de agravar a situação na região".

"Os eventos de agosto de 2008 se desenvolveram segundo o mesmo roteiro, o que levou à agressão da parte georgiana contra a Ossétia do Sul e ao ataque contra o destacamento das forças de paz russas", afirma a declaração.

O Ministério da Defesa russo expressou sua "grave preocupação" com este tipo de ação e advertiu que se reserva "o direito de usar todas as forças e meios disponíveis", caso continuem estas "provocações". EFE bsi/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG