Rússia diz que seus aviões violaram espaço aéreo finlandês por falha

Moscou, 15 abr (EFE).- O ministro da Defesa da Rússia, Anatoli Serdiukov, disse hoje que as violações do espaço aéreo da Finlândia por parte de aviões russos não foram premeditadas, e foram devido a erros nos sistemas de navegação.

EFE |

Serdiukov fez esta afirmação durante uma reunião em Moscou com o ministro da Defesa finlandês, Jyri Hakamies, que expressou a "preocupação" do Governo de Helsinque por esses incidentes aéreos.

O último fato deste tipo, segundo a imprensa finlandesa, ocorreu em 26 de dezembro passado, quando um avião de passageiros russo Tu-154 entrou durante vários minutos no espaço aéreo do país.

Durante o encontro de hoje, em Moscou, e em resposta às palavras de Hakamies, "Serdiukov disse que estas situações foram provocadas por erros técnicos nos sistemas de navegação, e que não tiveram caráter proposital", afirmou o Ministério da Defesa russo em comunicado, segundo a agência "Interfax".

O titular russo disse que seu departamento "adotou e continuará tomando todas as medidas necessárias para evitar as violações do espaço aéreo da Finlândia". EFE si/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG