Rússia diz que a carta de Obama não tem nada de concreto

MADRI (Reuters) - O presidente da, Rússia Dmitry Medvedev, recebeu uma carta do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, confirmou sua porta-voz nesta terça-feira depois de ter sido questionada sobre uma reportagem do jornal New York Times. Nós recebemos esta carta. Ela foi, na verdade, uma resposta de uma carta que Medvedev enviou a Obama depois de sua nomeação. A carta contém uma avaliação da situação, mas não há nenhuma proposta concreta sobre decisões de mútuo comprometimento, disse Natalya Timakova aos repórteres durante visita de Medvedev à Espanha.

Reuters |

O jornal New York Times informou que na carta Obama ofereceu um recuo na posição dos EUA de implementar um escudo de mísseis no Leste Europeu, caso a Rússia ajude a impedir que o Irã fabrique armas nucleares. Moscou ainda não respondeu a carta, de acordo com o jornal.

A Rússia se opõe à implementação do escudo de mísseis pelos EUA, na Polônia e na República Tcheca. Esse sistema foi proposto pela administração do então presidente George W. Bush.

A secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, irá se reunir com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, em Genebra na sexta-feira.

(Por Oleg Shchedrov)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG