Rússia diz estar preocupada com falta de cooperação do Irã

Moscou, 19 fev (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, declarou hoje que Moscou está preocupada pela recusa do Irã em cooperar com a Agência Internacional para a Energia Atômica (AIEA).

EFE |

"Preocupa-nos muito que o Irã se negue a cooperar com a AIEA e não podemos nos resignar a eles", disse o chefe da diplomacia russa em entrevista à rádio "Eco de Moscou".

Lavrov acrescentou que Rússia e Estados Unidos têm a mesma posição no que se refere à não-proliferação de armas nucleares, mas diferentes enfoques de como ela deve ocorrer, em particular em relação ao Irã.

"Não concordamos 100%", declarou Lavrov ao acrescentar que, "ao contrário dos EUA, o Irã é um vizinho próximo da Rússia".

Pouco antes, o porta-voz da Chancelaria russa, Andrei Nesterenko, lembrou a Teerã que existe a possibilidade de sanções caso o país não coopere.

Ao mesmo tempo, Nesterenko indicou que o Conselho de Segurança da ONU atualmente não elabora uma resolução com sanções contra o Irã.

No entanto, o diplomata russo ressaltou que, "nas atuais circunstâncias, não se pode excluir totalmente" que o Conselho de Segurança comece a trabalhar em uma resolução nesse sentido. EFE bsi-egw/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG