A FSB (antiga KGB) desmascarou um espião que atuava no Cáucaso Norte para os serviços de inteligência georgianos, o que confirma o envolvimento destes em atividades terroristas na região, afirmou nesta sexta-feira a agência Interfax citando uma fonte da FSB.

"Um agente foi desmascarado, trata-se de um cidadão russo originário da Geórgia", afirmou a fonte que solicitou o anonimato. Esta descoberta "confirma o envolvimento dos serviços secretos georgianos em atividades terroristas no Cáucaso Norte", acrescentou.

njc/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.