Moscou, 11 ago (EFE).- A Rússia anunciou hoje a criação de uma força de choque composta por 9.

000 soldados para expulsar as tropas georgianas do território da região separatista da Abkházia.

"A força é integrada por 9.000 soldados e cerca de 350 equipes militares", assegurou Serguei Chaban, comandante-em-chefe das forças de paz russas na região do conflito georgiano-abkhazo, citado pelas agências russas.

O general ressaltou que o objetivo dessa nova força é obrigar o Exército georgiano a abandonar os altos do desfiladeiro de Kodori, única região abkhaza sob controle georgiano.

"No caso de as unidades militares e policiais georgianas não deporem as armas as tropas russas terão que tomar as medidas necessárias para obrigá-las a fazê-lo", acrescentou.

O assessor do comandante-em-chefe das forças de paz, Aleksander Novitski, assegurou que o objetivo do desdobramento de novas tropas russas na Abkházia é "evitar a repetição do ocorrido com as tropas de paz na Ossétia do Sul".

"As tropas russas querem impedir uma agressão militar georgiana contra a Abkházia e uma catástrofe humanitária", assinalou.

A Abkházia, território banhado pelo Mar Negro, anunciou no domingo que não se deteria na fronteira da Geórgia na hora de "impor ordem" na região. EFE io/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.