Rússia crê que há possibilidades de Coreia do Norte voltar às negociações

Moscou, 27 mai (EFE).- O vice-ministro de Assuntos Exteriores da Rússia Alexei Borodovkin declarou que Moscou considera que ainda há possibilidades de a Coreia do Norte voltar à mesa de negociações de seis lados, em entrevista divulgada hoje pela agência Interfax.

EFE |

"Acho que é possível", disse Borodovkin sobre a eventualidade de que Pyongyang retorne às conversas sobre a desnuclearização da península coreana nas quais participavam, além das duas Coreias, China, Rússia, Estados Unidos e Japão.

O diplomata russo recusou-se a fazer vaticínios sobre o caráter da resolução que o Conselho de Segurança da ONU elabora em resposta ao segundo teste nuclear do regime comunista norte-coreano, efetuado na segunda-feira passada.

"É prematuro qualificá-la (a resolução) de dura, branda, flexível, firme ou de outra maneira. É um processo, e o importante é que seja um documento de consenso, que seja eficaz e sirva para que a Coreia do Norte ponha fim a seu programa nuclear e volte às negociações de seis lados", disse Borodavkin.

Reiterou que a Rússia não imporá sanções unilaterais contra a Coreia do Norte.

"As sanções unilaterais não são nossa opção", disse o vice-ministro de Exterior, ressaltando que a adoção de sanções é algo que compete ao Conselho de Segurança e que se trata de decisões que tomam sobre um base multilateral. EFE bsi/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG