Rússia condena declarações iranianas sobre inexistência do Holocausto

Moscou, 19 set (EFE).- O porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores da Rússia, Andrei Nesterenko, tachou de totalmente inaceitáveis as declarações iranianas sobre a inexistência do Holocausto judeu.

EFE |

"Semelhantes declarações, venham de onde vierem, faltam à verdade e são totalmente inaceitáveis", disse neste sábado o funcionário, citado pela agência "Interfax".

Ontem, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, voltou a negar o Holocausto judeu e afirmou que o mundo inteiro tem a "obrigação" de assumir sua responsabilidade frente a Israel para garantir a paz global.

Nesterenko acrescentou que "as tentativas de negar o Holocausto, sobretudo quando o mundo lembra os 70 anos do começo da Segunda Guerra Mundial, são um agravo à memória de todas as vítimas (do conflito) e a todos que lutaram contra o fascismo".

Declarações desse tipo, destacou o porta-voz, "não ajudam a criar uma atmosfera internacional favorável ao estabelecimento de um diálogo construtivo sobre os assuntos relativos ao Irã". EFE bsi/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG