Rússia comemora resultado de negociações de desarmamento com EUA

Moscou, 1 jul (EFE).- Rússia e Estados Unidos avançaram nos preparativos do novo tratado de desarmamento nuclear mais que o esperado, e por isso será possível sua assinatura em dezembro deste ano, declarou hoje Serguei Riabkov, vice-ministro de Assuntos Exteriores russo.

EFE |

"O grau de avanço é maior que nossas expectativas quando começamos (as conversas)", disse Riabkov à agência oficial "RIA Novosti".

As negociações para a assinatura de um novo acordo de desarmamento que substitua o Tratado de Redução de Armas Estratégicas (Start), que expira em dezembro, vão centrar a agenda da visita à Rússia em julho do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

A Rússia insiste em que o novo acordo de desarmamento deve excluir o desdobramento de armas ofensivas estratégicas fora dos territórios nacionais, o que coloria fim a qualquer possibilidade de instalação do polêmico escudo antimísseis americano na República Tcheca e na Polônia.

Essa iniciativa de Washington é considerada em Moscou como uma ameaça direta à segurança nacional da Rússia.

O presidente russo, Dmitri Medvedev, e seu colega americano conversaram ontem à noite por telefone e repassaram os temas que devem abordar nas conversas em Moscou, informou a porta-voz do Kremlin, Natalia Timakova. EFE bsi/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG