Rússia começa a entregar mísseis ao Irã, diz agência oficial

TEERÃ (Reuters) - A Rússia começou a entregar sistemas de defesa aérea S-300 ao Irã, que poderão ajudar a repelir qualquer ataque aéreo israelense ou norte-americano a áreas nucleares do país, informou a agência oficial IRNA neste domingo. Após alguns anos de negociações com a Rússia... agora o sistema S-300 está sendo entregue ao Irã, disse Email Kosari, vice-presidente de relações exteriores do Parlamento e do Comitê Nacional de Segurança, segundo a IRNA.

Reuters |

Kosari não disse quando começaram as entregas. O ministro das Relações Exteriores do Irã se recusou a comentar a informação. O ministro das Relações Exteriores da Rússia também não quis comentar, dizendo que pode dar uma posição na segunda-feira.

Os Estados Unidos, os seus aliados europeus e Israel dizem que o Irã está buscando compor armas nucleares sob o pretexto de um programa energético atômico para fins civis. O Irã nega a acusação.

A insistência de Israel de que o Irã não pode ter permissão para desenvolver uma bomba atômica alimentou especulações de que o Estado judaico, amplamente considerado como sendo o único país do Oriente Médio a ter um arsenal nuclear, poderá realizar o seu próprio ataque.

As versões mais avançadas do sistema S-300 podem perseguir alvos e atirar em aeronaves a 120 quilômetros de distância. O sistema é conhecido no Ocidente como SA-20.

As vendas de armas e a cooperação nuclear da Rússia com o Irã prejudicaram as relações com Washington, que diz que Teerã poderá usá-las contras os interesses dos Estados Unidos na região e também contra seus vizinhos.

Kosari disse que o sistema S-300 poderá ser usado "para reforçar a capacidade do Irá de defender as suas fronteiras".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG