Rússia aprovará em fevereiro uma nova estratégia de segurança nacional

Moscou, 18 dez (EFE).- A Rússia adotará em fevereiro uma nova estratégia de segurança nacional, calculada até 2020 e já aprovada pelo presidente russo, Dmitri Medvedev, anunciou hoje o secretário do Conselho de Segurança adjunto ao Kremlin, Nikolai Patrushev.

EFE |

O plano já foi avaliado com os dirigentes de todas as regiões russas, devido às diferenças em seu desenvolvimento socioeconômico, e, em caso de necessidade, poderá ser corrigido depois, disse Patrushev, em reunião com a mesa diretora da Academia de Ciências russas.

O Conselho de Segurança explicou que a colocação-chave do projeto de nova estratégia é que "a segurança nacional da Rússia deverá ser garantida mediante a obtenção das prioridades estratégicas nacionais", segundo a agência "Interfax".

"A nova doutrina será um importante documento político que exporá o sistema oficial de objetivos, prioridades estratégicas e medidas no campo da política interna e externa, chamados a garantir a segurança nacional e o desenvolvimento estável do Estado a longo prazo", indica o comunicado do Conselho de Segurança russo.

Fontes do Ministério da Defesa informaram há pouco tempo que, no final de 2009, a Rússia aprovará uma renovada doutrina militar que refletirá as novas realidades no mundo e as metas da recém-anunciada reforma das Forças Armadas do país. EFE si/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG