Rússia anuncia construção de pelo menos 3 porta-aviões nucleares

Moscou, 27 fev (EFE).- A Rússia vai construir nos próximos anos pelo menos três porta-aviões de propulsão nuclear, anunciou hoje um dirigente da Corporação Unida de Estaleiros, que reúne os maiores estaleiros e escritórios de projeto de navios russos.

EFE |

"Os cientistas e projetistas já trabalham no modelo dos futuros porta-aviões. Por enquanto, decidiram que será de propulsão nuclear e terá um deslocamento de entre 50.000 e 60.000 toneladas", assinalou o vice-almirante Anatoli Shlemov.

Shlemov explicou que seu país pretende construir pelo menos três porta-aviões, sendo um deles para a Frota do Norte e outro para a do Pacífico, e mais tarde esse número pode subir para seis, em função das necessidades da Defesa e das possibilidades da economia do país.

O vice-almirante lembrou que o presidente russo, Dmitri Medvedev, ordenou em outubro do ano passado a criação de um programa nacional de construção de porta-aviões para iniciar sua fabricação "nos próximos anos", e expressou sua esperança de que isto ocorra até 2015.

Shlemov assinalou que os futuros porta-aviões russos estarão dotados de aviões de coberta de quinta geração, de decolagem horizontal clássica, que substituirão o modelo atual Su-33, e de aparelhos de espionagem não tripulados que estão sendo criados pela indústria militar russa. EFE se/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG