Rússia anuncia apreensão de material radioativo que ia para Irã

Serviço alfandegário encontrou 18 peças de metal com níveis de radiação 20 vezes acima do normal

iG São Paulo |

O serviço alfandegário da Rússia informou nesta sexta-feira ter apreendido metal radioativo encontrado na bagagem de um passageiro iraniano que partiria do aeroporto internacional de Sheremetyevo, em Moscou, em direção a Teerã.

Leia também: Irã trabalha para ter armas nucleares, diz agência da ONU

A porta-voz Kseniya Grebenkina disse à Associated Press que a bagagem foi confiscada há algum tempo, mas não especificou quando. Segundo ela, o iraniano não foi detido. O serviço afirmou em comunicado que os testes mostraram tratar-se de isótopos radioativos que poderiam ser obtidos somente como "resultado de operações em reator nuclear".

De acordo com o comunicado, o material provocou o acionamento de um alarme no sistema de controle de radiação do aeroporto. Ao revistar a bagagem, os funcionários encontraram 18 peças de metal radioativo colocadas em invólucros individuais de aço. Os níveis de radiação estavam 20 vezes acima do normal.

A porta-voz da alfândega do aeroporto de Sheremetyevo disse por telefone que o material tinha sido identificado como Sódio-22, mas ela não deu mais detalhes. O Sódio-22 é um isótopo radioativo que pode ser usado em equipamentos médicos. Segundo ela, uma investigação foi lançado sobre o incidente.

Sergei Novikov, porta-voz da agência nuclear de Rosatom, afirmou ser muito improvável que as peças tenham vindo de Rosatom, afirmando que o isótopo é produzido por aceleradores de partículas, e não por reatores atômicos.

Na Rússia, universidades, institutos de pesquisa e grandes centros médicos podem ter a tecnologia para produzi-lo. "Há uma chance extremamente pequena de que ele tenha vindo de Rosatom", afirmou. Segundo ele, Rosatom nunca vendeu Sódio-22 para o Irã, mas forneceu ao país outros tipos de isótopos médicos.

*Com AP, Reuters e AFP

    Leia tudo sobre: israelirãprograma nuclearmaterial radioativo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG