Rússia ameaça cortar fornecimento de gás à Ucrânia

MOSCOU - O presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, ameaçou na quarta-feira impor sanções à Ucrânia devido ao atraso no pagamento de dívidas pelo fornecimento de gás. No entanto, um possível acordo entre a estatal Gazprom e Kiev permitiria manter o abastecimento à Ucrânia -- e ao resto da Europa -- depois de 1o de janeiro.

Reuters |


Esta é a quarta vez em quatro anos que Rússia e Ucrânia se desentendem por causa da conta de gás. Moscou ameaça cortar o fornecimento na virada do ano, em pleno inverno. A Gazprom diz que Kiev deve 1,67 bilhão, mais 450 milhões de dólares em multas.

A Europa assiste à disputa com apreensão. Em 2006, um caso semelhante deixou todo o continente sem o gás russo no meio do inverno, quando a Ucrânia suspendeu o trânsito do produto em direção à Europa, para pressionar pela retomada do seu próprio abastecimento.

"(Os ucranianos) devem pagar até o último rublo se não quiserem que sua economia acabe enfrentando sanções da Rússia", disse Medvedev, segundo agências locais de notícias. "É impossível seguir assim. Que paguem todo o dinheiro", acrescentou o presidente, sem especificar as sanções.

Nem o governo ucraniano nem a Gazprom se manifestaram sobre as ameaças. Ambas as partes trocam acusações diárias, sem se entenderem sobre o valor da dívida. No último mês, a Ucrânia fez um enorme estoque de gás, preparando-se para a negociação. Muitos analistas dizem que isso pode motivar a Gazprom a buscar um acordo de última hora.

Na quarta-feira, a estatal russa disse que poderia manter o abastecimento se a Ucrânia explicar claramente como pretende pagar as dívidas no ano que vem. Sergei Kupriyanov, porta-voz da empresa, disse também que o estoque ucraniano "fornece uma garantia adicional de um trânsito tranqüilo do gás russo para a Europa, mesmo que a Gazprom corte o fornecimento à própria Ucrânia a partir de 1. de janeiro."

(Reportagem de Tanya Mosolova)

    Leia tudo sobre: gásrússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG