O ministério russo das Relações Exteriores afirmou em um comunicado divulgado nesta quarta-feira que a visita realizada esta semana por uma delegação da Otan à Geórgia reflete a época da guerra fria e não contribui para a estabilização na região do Cáucaso.

O texto também denuncia o "caráter claramente anti-russo" da visita, que o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jaap de Hoop Scheffer, fez na terça-feira à cidade georgiana de Gori, ocupada em agosto por forças russas.

bfi/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.