A Rússia advertiu que a linguagem das sanções deve ser descartada nas relações entre Moscou e a União Européia (UE), que realiza nesta segunda-feira uma reunião extraordinária para adotar uma postura comum sobre o conflito entre Rússia e Geórgia.

"Não acredito que a linguagem das sanções deva ser utilizada em nossas relações com a União Européia", declarou o porta-voz da chancelaria russa, Andrei Nesterenko.

"Esperamos uma análise equilibrada e justa da UE sobre a situação na Geórgia", acrescentou.

neo-bfi/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.