Rússia acusa americanos de impedirem Abkházia e Ossétia do Sul de irem à ONU

O vice-presidente russo das Relações Exteriores, Alexander Yakovenko, acusou nesta sexta-feira os Estados Unidos de bloquearem os pedidos de visto dos dirigentes das repúblicas separatistas da Geórgia para assistir à Assembléia Geral das Nações Unidas em Nova York.

AFP |

"Os Estados Unidos bloqueiam a entrega dos vistos. Nós consideramos esta atitude desleal, levando em conta suas obrigações com as Nações Unidas", cuja sede fica em Nova York, disse o vice-chanceler em entrevista à imprensa.

"Nós devemos dar oportunidade ao Conselho de Segurança das Nações Unidas de escutar todas as partes. Nós consideramos que os representantes de Abkházia e Ossétia do Sul devem poder ser escutados", acrescentou.

Os dirigentes das duas repúblicas separatistas, que têm passaportes russos, apresentaram pedidos de vistos na embaixada norte-americana em Moscou.

A Rússia, apoiada apenas pela Nicarágua, reconheceu a independência da Abkházia e Ossétia do Sul depois do conflito armado russo-georgiano em agosto. Desde então, pede que sejam admitidas como interlocutores nas instâncias internacionais.

ao-vl/lm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG