Rússia: 20 ursos sacrificados após ataques contra humanos na Sibéria

Cerca de 20 ursos famintos que procuravam alimentos em zonas habitadas e acabaram atacando seres humanos, alguns até a morte, foram sacrificados desde o fim de agosto na região de Krasnoiarsk (Sibéria, leste da Rússia), informou nesta quarta-feira a agência de notícias Ria Novosti.

AFP |

"Para evitar os acidentes devidos aos ataques mortais destes ursos, a polícia recebeu ordem de atuar muito rapidamente", declarou uma autoridade à Ria Novosti.

"Com isso, mataram 21 ursos, o último deles na noite de 11 de setembro", disse esta fonte, acrescentando que recorreu a caçadores profissionais.

Durante as três últimas semanas, vários ursos se aproximaram diversas vezes das zonas habitadas na grande região de Krasnoiarsk e um deles matou uma mulher no início de setembro, destacou a agência de notícias.

Segundo os zoólogos, este ano a comida dos ursos foi escassa. Eles consomem pelo menos 50 kg de alimentos por dia no outono, para ter uma reserva de gordura no inverno, indicou por sua vez a agência Itar-Tass.

uh/lm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG