R.Unido reforçará controle da movimentação de pedófilos condenados

Londres, 20 ago (EFE) - O Reino Unido endurecerá o controle da movimentação de pedófilos condenados, anunciou hoje a ministra do Interior britânica, Jacqui Smith, ao ressaltar que será promulgada uma nova lei sobre isso.

EFE |

Entre as novas medidas com as quais lida o Governo trabalhista estão a proibição de que os pedófilos viajem ao exterior por um período de até cinco anos e a obrigação de que essas pessoas avisem à Polícia com antecedência de seus planos fora do país.

Atualmente, a lei concede poderes às autoridades para impedir que uma pessoa incluída no registro oficial de pedófilos do Reino Unido deixe o país durante um prazo máximo de seis meses.

As forças da ordem também terão poder para confiscar automaticamente o passaporte dos pedófilos submetidos a uma proibição total de viajar ao exterior, segundo a nova lei preparada pelo Executivo britânico.

Além disso, o Governo estuda aumentar de 16 a 18 anos a idade limite dos menores que podem correr o risco de ser vítimas de um pedófilo.

"O Reino Unido tem um sistema rigoroso contra os delinqüentes de abusos sexuais a menores que se encontra entre os mais rígidos do mundo", afirmou Smith, ao destacar que as medidas anunciadas hoje "fortalecerão ainda mais" a legislação vigente.

"Quero que se aja com tanta firmeza quanto seja possível contra todo aquele que constitua uma ameaça para nossas crianças", disse a ministra do Interior.

Cerca de 30 mil pessoas estão incluídas no registro de pedófilos do Reino unido, apesar de os grupos de defesa da infância considerarem insuficientes as medidas adotadas contra esses criminosos. EFE pa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG