R.Unido reduzirá número de vistos para estudantes

Londres, 7 fev (EFE).- O Reino Unido reduzirá o número de vistos concedidos a estudantes de fora da União Europeia, com o objetivo de evitar que estrangeiros entrem no país para trabalhar de forma ilegal, informou hoje o ministro do Interior, Alan Johnson.

EFE |

Como parte dessa nova estratégia, o Governo exigirá que os estudantes contem com um bom nível de inglês e proibirá que os candidatos a cursos muito curtos entrem no país com parentes.

Entre 2008 e 2009, o Reino Unido emitiu 240 mil permissões de entrada para estudantes.

Segundo a "BBC", o problema dos vistos voltou a surgir após o caso do nigeriano Umar Farouk Abdulmutallab, que no Natal passado tentou explodir um avião que tinha Detroit (EUA) como destino.

O nigeriano tinha estudado em Londres e fez contatos com a rede terrorista Al Qaeda no Iêmen após deixar o Reino Unido. Por isso, Governo recebeu críticas por permitir a entrada facilmente de imigrantes e possíveis terroristas.

Segundo Johnson, o objetivo é reforçar o sistema de imigração, mas o Reino Unido está "aberto aos estudantes estrangeiros que tenham o objetivo legítimo de estudar". EFE vg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG