R.Unido nega ter interceptado navio argentino nas Malvinas

Londres, 25 fev (EFE).- O Governo britânico desmentiu hoje uma informação publicada pelo tabloide The Sun, segundo a qual a Marinha britânica interceptou uma embarcação de guerra argentina nos arredores das Ilhas Malvinas, disputadas por ambos os países.

EFE |

Um porta-voz do Ministério da Defesa do Reino Unido comentou a notícia quando procurado pela Agência Efe. "Trata-se do habitual estilo do 'The Sun' de publicar uma notícia sobre algo que não aconteceu", afirmou.

De acordo com o funcionário, o encontro entre os dois navios de guerra, de fato, aconteceu, mas não da forma como o jornal relatou.

A edição de hoje do tablóide britânico afirma que o destróier "HMS York" se deparou com a corveta argentina "ARA Drummond" a cerca de 16 quilômetros do limite que separa as águas internacionais da "zona petrolífera" das Ilhas Malvinas. Entretanto, a reportagem não diz quando a intercepção ocorreu.

A notícia do "The Sun" diz que o navio "ARA Drummond" chegou a ficar a cerca de 100 quilômetros da costa das Ilhas Malvinas antes de recuar sem que o destróier britânico precisasse adotar medidas excepcionais.

Fontes militares citadas pela publicação afirmaram que a tripulação do avião argentino cometeu "um inocente erro de navegação" e que "a tripulação do 'HMS York' ficou feliz em fazer seu trabalho de maneira adequada".

"Isso não corresponde aos fatos", disse categoricamente o porta-voz do Ministério da Defesa, que confirmou que, "em meio a uma forte ressaca à noite, o 'HMS York' e uma embarcação argentina navegaram na mesma região em águas internacionais a cerca de 80 quilômetros de distância das águas territoriais das Ilhas Malvinas".

"Após uma amistosa conversa por rádio, cada um deu continuidade aos seus exercícios", acrescentou.

O porta-voz do Ministério da Defesa ressaltou que o cruzamento aconteceu em 28 de janeiro, ou seja, dias antes do polêmico plano de do Reino Unido de explorar petróleo em torno das Malvinas. EFE fpb/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG