R.Unido intercepta lanchas de possíveis piratas no Iêmen

Abu Dhabi, 2 jun (EFE).- Uma fragata britânica interceptou hoje com a ajuda de um avião espanhol duas lanchas rápidas suspeitas de fazerem ações de pirataria no Golfo de Áden, diante da costa do Iêmen, informou a Quinta Frota dos Estados Unidos.

EFE |

Em comunicado, o porta-voz da Quinta Frota, com sede no Barein, Nathan Christensen, explicou que a fragata HMS Portland desarmou os dez tripulantes das embarcações com o objetivo de abortar eventuais ataques a navios que transitem pelas águas da região.

No entanto, ao não contar com provas suficientes de que os detidos eram piratas ou que planejavam atacar navios, os soldados britânicos liberaram todos os tripulantes.

A nota acrescenta que os militares encontraram nas embarcações diversas armas, entre elas lança-granadas, metralhadoras e munição, que foram confiscadas. Além disso, destruíram uma das lanchas.

Christensen ressaltou que "todo o material encontrado pelos soldados a bordo das duas lanchas rápidas indica com clareza que não eram embarcações inocentes dedicadas à pesca".

A informação não especifica a nacionalidade dos suspeitos, embora piratas somalis costumem operar nessas águas.

As forças internacionais que atuam contra a pirataria no litoral da Somália e no Golfo de Áden evitaram 85 ataques dos 155 lançados por piratas este ano, segundo dados da Quinta Frota. EFE mys/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG