R.Unido confirma primeiro caso de gripe suína contraído no país

Londres, 1º mai (EFE).- Um funcionário do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS, em inglês) que trabalha na Escócia foi a primeira pessoa a ter um caso de gripe suína contraída no país, confirmaram hoje autoridades escocesas.

EFE |

Graeme Pacitti, de 24 anos, testou positivo para a doença após manter contato com seus amigos Iain Askham e Dawn Askham, que tinham contraído o vírus durante sua lua-de-mel no México.

Os recém-casados, de Polmont, na Escócia, foram os dois primeiros alvos da doença detectados no Reino Unido e retornaram ontem para casa após ficarem cinco dias isolados em um hospital.

Pacitti, que costuma jogar futebol com Iain Askham, se declarou "decepcionado" após saber da notícia.

A Agência de Proteção da Saúde (HPA, em inglês) confirmou hoje o décimo caso - incluindo o de Pacitti - de gripe suína neste país em uma pessoa da cidade de Merseyside que recentemente voltou do México.

Um pouco depois, a HPA informou sobre um 11º caso da doença, descoberto em um aluno de uma escola de Bristol, no sudoeste da Inglaterra.

Os dois últimos casos no Reino Unido foram divulgados um dia depois de o Ministério da Saúde lançar uma campanha nacional para alertar a população sobre a gripe suína por meio dos veículos de imprensa.

O assessor médico do Governo do Reino Unido, Liam Donaldson, admitiu ontem que haverá "muitos mais casos" da gripe suína na medida em que o vírus se espalhar, mas que a maioria das pessoas se recuperará bem.

Donaldson disse estar "preocupado, mas não alarmado" pelo vírus e ressaltou que o Reino Unido está preparado para enfrentar o problema. EFE pa/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG