R.Unido condena Coreia do Norte por lançar mísseis

Londres, 4 jul (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores britânico, David Miliband, condenou hoje o lançamento de vários mísseis pela Coreia do Norte.

EFE |

Miliband disse também ser essencial manter "a tensão na península de Coreia em níveis manejáveis".

Já o embaixador britânico em Pyongyang, Peter Hughes, se pronunciou a favor de uma "rápida e eficaz" aplicação das sanções internacionais contra o país.

O Conselho de Segurança da ONU acordou reforçar as sanções contra a Coreia do Norte após o lançamento, nesta sexta-feira, de sete mísseis balísticos.

As sanções incluem a possível revista de qualquer transporte aéreo, marítimo ou terrestre que entre ou saia do país e que seja suspeito de levar material que possa ser usado na fabricação de uma bomba nuclear.

Pyongyang respondeu advertindo que considerará uma ação de guerra qualquer tentativa de interceptação de seus navios.

Segundo o embaixador, as últimas ações norte-coreanas poderiam ser uma tentativa do ditador Kim Jong-il de reafirmar seu poder antes de passá-lo a seu sucessor.

"Poderia ser uma combinação de todas essas coisas, mas devido ao firme controle que o regime exerce, é impossível saber com segurança", reconheceu o diplomata. EFE jr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG