Londres, 22 abr (EFE).- O Governo britânico anunciou hoje que destinará uma parte de seu orçamento até 2022 para reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2), medida que, segundo ele, transforma o Reino Unido no primeiro país que se compromete economicamente na luta contra o aquecimento global.

A medida foi divulgada hoje pelo ministro da Energia e Mudança Climática, Ed Miliband, que ainda anunciou o projeto de três planos orçamentários quinquenais para promover políticas encaminhadas a reduzir estas emissões.

Segundo ele, também será reduzida a quantidade de CO2 gerada pelas empresas do setor público.

O Governo britânico comprometeu-se a destinar uma parte dos orçamentos para os períodos 2008-2012, 2013-2017 e 2018-2022, a fim de alcançar este objetivo.

A ideia é de que a quantidade de CO2 emitida pelo Reino Unido em 2022 seja 34% menor do que a de 1990.

O ministro da Economia, Alistair Darling, anunciou hoje ao apresentar o orçamento 2009-2010 uma verba de 2,365 bilhões de libras para lutar contra a mudança climática.

Desta quantidade -que deve aumentar até 10,4 bilhões de libras nos próximos três anos-, mais de 1 bilhão de libras serão destinados a apoiar as indústrias que emitirem pouco dióxido de carbono.

Outros 525 bilhões de libras irão para projetos de energia eólicos, 435 bilhões de libras para promover a eficiência energética em casas, empresas e edifícios públicos, e mais 405 bilhões de libras para fomentar a energia "verde". EFE otp/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.