R.Unido anula visto de Shinawatra e sua esposa

Bangcoc, 8 nov (EFE).- O Reino Unido anulou o visto do deposto primeiro-ministro tailandês Thaksin Shinawatra e de sua esposa, Pojaman, foragidos da Justiça em seu país, informa hoje a imprensa local.

EFE |

A Embaixada britânica em Bangcoc enviou um e-mail a todas as companhias aéreas comunicando a anulação do visto do casal e pedindo que os dois sejam impedidos de embarcar em vôos com destino ao Reino Unido.

O paradeiro do casal é desconhecido, mas algumas fontes indicaram que Shinawatra e sua esposa poderiam estar na China ou nas Filipinas.

Há um mês, a Justiça da Tailândia condenou o ex-premiê a dois anos de prisão por abuso de poder em relação com um caso de compra fraudulenta de terrenos por parte de sua esposa em 2003.

O casal, com seis ordens de detenção em vigor e várias ações em aberto, fugiu para Londres em agosto passado, violando sua liberdade provisória e depois de não comparecer a um dos tribunais que lhes julga por desvio de fundos públicos.

Shinawatra, cunhado do atual primeiro-ministro, Somchai Wongsawat, governou a Tailândia entre 2001 e 2006, quando foi derrubado em um golpe de Estado militar. EFE grc/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG