Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

RSF diz que tempo é fundamental para libertação de jornalistas na Somália

Paris, 27 nov (EFE).- A organização Repórteres sem Fronteiras (RSF) afirmou hoje que o tempo é um fator determinante para encontrar uma saída positiva para o seqüestro do fotógrafo espanhol José Cendón e do jornalista britânico Colin Freeman.

EFE |

"Temos nossas esperanças colocadas nas autoridades competentes", afirmou a RSF em comunicado no qual afirmou que "este seqüestro lembra que o bandoleirismo, a pirataria ou o crime político são perigos permanentes para estrangeiros, jornalistas ou (trabalhadores) humanitários que pisam no território somali".

Após sete dias em Bossaso, um grupo de homens armados capturou os repórteres ontem, quando tentavam ir ao aeroporto para abandonar a região, reduto dos piratas somalis que atuam no Oceano Índico e no Golfo de Áden. EFE jaf/fal

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG