Roubos de bancos nos EUA aumentam levemente durante 1º trimestre de 2008

Washington, 17 out (EFE).- Durante o primeiro trimestre deste ano, houve 1.

EFE |

604 roubos de bancos, 34 a mais que no mesmo período do ano anterior, informou hoje a Polícia Federal americana (FBI, em inglês).

"As estatísticas mostram um aumento pequeno nas violações das leis sobre roubos a bancos", disse o diretor adjunto da Divisão de Investigação Criminal do FBI, Kenneth Kaiser.

O FBI continuará cooperando com as Polícias locais e de estados na "investigação das incidências de roubos e furtos em bancos, e os roubos com intrusão nos bancos em todo o país", acrescentou.

Dos 1.641 incidentes denunciados, houve roubo de valores em 1.409 instâncias (91%) comparado com os 92% no primeiro trimestre do ano anterior.

As autoridades determinaram que, nos 1.641 roubos, furtos e assaltos, estiveram envolvidas 1.996 pessoas, das quais 786 foram homens, embora o FBI explicou que, em alguns casos, não foi possível determinar o sexo dos ladrões e assaltantes devido aos disfarces que usavam.

Entre estes criminosos, 837 eram "brancos", 844 "negros" e 172 "hispânicos", de acordo com as classificações que emprega o FBI.

O montante total dos roubos foi de mais de US$ 15 milhões, acrescentou o relatório.

"Isso representa uma redução notável do trimestre anterior, durante o qual os roubos subiram para mais de US$ 25 milhões".

No total, 29 pessoas ficaram feridas durante roubos, entre elas 15 funcionários ou funcionários bancários", acrescentou o relatório.

EFE jab/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG