Roqueiro britânico Gary Glitter sairá da prisão no final de agosto

Hanói, 2 ago (EFE).- O roqueiro britânico Gary Glitter, condenado a três anos de prisão no Vietnã por conduta imprópria com menores, sairá em liberdade no final do mês após ter cumprido parte de sua sentença, informaram hoje fontes penitenciárias.

EFE |

Um funcionário da prisão na província de Binh Thuan confirmou que o músico sairá do presídio "na data prevista", mas se negou a revelar a data, que provavelmente será dentro de três semanas, após a recente redução de sua sentença a 27 meses de internamento.

A medida foi aprovada o ano passado por ocasião da celebração do Tet (Ano Lunar vietnamita) nessa província.

Glitter, de 63 anos e cujo nome real é Paul Gadd, foi detido em novembro de 2005 no aeroporto de Cidade Ho Chi Minh (antiga Saigon), quando tentava sair do Vietnã, após saber que estava sendo investigado pela Polícia.

Após um julgamento que durou cerca de 24 horas, foi condenado a três anos de prisão por abusos sexuais contra duas meninas, a mais nova de onze anos.

O músico sempre defendeu sua inocência, mas já foi condenado em seu país em 1999 a quatro meses de prisão por posse de pornografia infantil, depois que a Polícia encontrou em seu computador mais de 4.000 fotos de menores de entre 3 e 10 anos. EFE mat/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG