Ronald Biggs, o mais famoso dos autores do audacioso assalto ao trem pagador Glasgow-Londres em 1963 e que se refugiou no Brasil durante 30 anos para escapar da polícia, recuerpou oficialmente nesta sexta sua liberdade por razões médicas, segundo decisão tomada na véspera pelo ministro da Justiça britânico, Jack Straw.

A libertação de Biggs coincide com seu aniversário de 80 anos neste sábado e também com o 46º aniversário do chamado "roubod do século" XX.

cyb/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.