Romney vence três primárias republicanas e dispara como favorito

Ex-governador de Massachusetts obteve vitória nas urnas em Maryland, Wisconsin e em Washington D.C.

iG São Paulo |

O pré-candidato à presidência dos Estados Unidos Mitt Romney consolidou sua condição de favorito nas primárias republicanas nesta terça-feira, ao vencer as votações de Maryland, Washington D.C. e Wisconsin.

Os resultados devem intensificar a pressão da cúpula partidária pela desistência do pré-candidato Rick Santorum, para que Romney possa se preparar para a difícil batalha de novembro contra o presidente Barack Obama, candidato democrata à reeleição.

Leia também: Obama cita Romney nominalmente e o trata como adversário

AP
Romney comemora vitória nas urnas em três estados

“Obrigado a Maryland, Distrito de Columbia e Wisconsin. Foi uma grande noite”, disse Romney, em seu discurso de vitória em Milwaukee, no qual ignorou Santorum e fez duras críticas a Obama por sua gestão econômica e pelo preço da gasolina.

Num claro sinal de que Obama também acredita na indicação de Romney, o presidente o c itou nominalmente num discurso com forte tom partidário na terça-feira, criticando-o por apoiar uma proposta de cortes orçamentários.

Saiba mais: Veja o especial com tudo sobre as eleições dos Estados Unidos

Com 98% dos votos apurados, Romney tinha 42,5% dos votos em Wisconsin contra 37,6% de Santorum, 11,7% de Ron Paul e 6,1% de Newt Gingrich.  Em Maryland, onde todos os votos já foram apurados, a vantagem de Romney foi ainda maior: 49,1% contra 28,9% de Santorum. O terceiro lugar ficou para Gingrich, com 10,9% dos votos, e Ron Paul, com 9,5%.

A corrida pela candidatura republicana terá sua próxima etapa em três semanas, no dia 24 de abril, quando ocorrerão primárias em cinco Estados: Nova York, Connecticut, Delaware, Rhode Island e Pensilvânia. Os quatro primeiros, situados no litoral nordeste, são território mais propício a Romney, de perfil mais moderado e que viveu durante muito tempo na região.

Já a Pensilvânia, Estado natal de Rick Santorum e que representou no Senado durante mais de uma década, promete proporcionar uma grande batalha entre os dois candidatos.

O ex-senador insistiu mais uma vez em suas credenciais conservadoras frente ao moderado Romney, e previu que o mês de maio será mais favorável à sua campanha, uma vez que nele ocorrerão primárias em Estados de tradição conservadora como Arkansas, Kentucky, Virgínia Ocidental e Texas.

O Partido Republicano, que até agora demonstrava receio em apoiar explicitamente algum dos adversários, começou a expressar suas preferências. Nos últimos dias, Romney recebeu o respaldo de várias figuras proeminentes do partido, como o ex-presidente George H. W. Bush, o jovem congressista Paul Ryan e o senador republicano de origem cubana Marco Rubio.

Por enquanto, Romney conta com 648 delegados, frente aos 264 de Santorum, aos 137 de Gingrich e aos 71 de Paul. Para obter a nomeação do partido, o pré-candidato deve somar pelo menos 1.144 delegados.

Com EFE e Reuters

    Leia tudo sobre: eleição nos euarepublicanoseuaromneyprimáriassantorummarylandwisconsin

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG