Ex-governador de Massachusetts ganha caucus do Estado com ampla vantagem e ataca Obama em discurso

O pré-candidato à presidência dos Estados Unidos Mitt Romney venceu neste sábado o caucus de Nevada, consolidando sua posição de liderança na disputa que vai definir o rival republicano do presidente Barack Obama nas eleições de novembro.

Saiba mais: Veja o especial sobre as eleições dos EUA

Mitt Romney discursa em Nevada e comemora vitória no Estado ao lado de eleitores
Reuters
Mitt Romney discursa em Nevada e comemora vitória no Estado ao lado de eleitores

Com cerca de 70% dos votos apurados, Romney já mostrou uma clara vantagem em relação a seus adversários, obtendo 47,6% dos votos contra 22,7% de Newt Gingrich, 18,6% de Ron Paul e 11,1% de Rick Santorum.

Para o ex-governador de Massachussets, esta é a segunda vitória consecutiva e a terceira em toda a disputa. Romney já tinha vencido as prévias da Flórida e de New Hampshire , enquanto Gingrich venceu na Carolina do Sul e Santorum em Iowa .

Analistas dizem que a vitória em Nevada é mais um triunfo simbólico que prático para Romney, já que o Estado tem uma apenas uma pequena fatia dos delegados necessários para conseguir a indicação do partido.

O sucesso em Nevada é visto como uma oportunidade para que Romney dissipe dúvidas a respeito de sua candidatura dentro do próprio Partido Republicano e comece a se apresentar como o rival de Obama, o que já fez no discurso deste sábado.

Leia também: Debate religioso chega à eleição nos EUA: os mórmons são cristãos?

Em um ataque direto ao presidente democrata, Romney dissse que as políticas econômicas do atual governo dos Estados Unidos fizeram "estes tempos difíceis se prolongarem". "O presidente Obama parece acreditar que o papel da América como líder no mundo é coisa do passado. Eu acredito que o século 21 será e precisa ser um século americano", disse ele sob aplausos de seus partidários.

Mórmons

As vitórias recentes de Romney podem ter esvaziado a ameaça apresentada por Gingrich à sua pré-candidatura, mas o ex-congressista disse que as derrotas não vão tirá-lo da corrida.

Gingrich afirmou que já esperava que Romney vencesse em Nevada, em parte devido ao fato de que grande parte da população do Estado é mórmon , como Romney.

"Pretendemos competir em cada Estado do país e podem acreditar que seremos competitivos em cada Estado do país”, afirmou.

O candidato republicano será formalmente escolhido por delegados em uma convenção do partido em agosto deste ano.

Com BBC

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.