Romney recebe apoio de McCain após vencer prévia de Iowa

Ex-candidato presidencial deve dar impulso à campanha por ter vencido duas vezes em New Hampshire, que realiza prévias no dia 10

iG São Paulo |

Horas após vencer o caucus de Iowa , o pré-candidato republicano Mitt Romney recebeu nesta quarta-feira o apoio do senador republicano pelo Arizona, John McCain, que perdeu a corrida presidencial em 2008, para enfrentar o presidente Barack Obama nas eleições presidenciais de 6 de novembro.

Por pouco: Romney vence prévia republicana em Iowa por apenas 8 votos

AP
Pré-candidato Mitt Romney observa o senador John McCain durante comício em New Hampshire. McCain anunciou seu apoio a Romney na corrida republicana pela Casa Branca
O apoio foi aceito durante uma aparição conjunta de Romney com McCain em New Hampshire, que em 10 de janeiro realiza a segunda prévia na corrida dos republicanos para a indicação para a Casa Branca. "Estou aqui por uma única razão, que é assegurar que converteremos Mitt Romney no próximo presidente dos Estados Unidos", disse McCain.

O senador pelo Arizona, que em 2008 e 2000 venceu as prévias do partido republicano em New Hampshire, planeja viajar pelo Estado com Romney em seu ônibus de campanha. Seu apoio representará, portanto, um impulso considerável para a campanha do pré-candidato, que venceu o caucus de Iowa na terça-feira por uma vantagem de apenas oito votos sobre o ex-senador Rick Santorum e que, em nível nacional, é considerado o grande favorito da disputa.

Romney acumula assim o apoio de três dos quatro candidatos republicanos ainda vivos: McCain, o ex-presidente George H. Bush (1989-1993), e Bob Dole, que perdeu as eleições de 1996 para Bill Clinton (1993-2001), faltando apenas que George W. Bush (2001-2009) se decida por um candidato.

O ex-governador por Massachusetts também obteve em outubro o apoio do governador de Nova Jersey, Chris Christie, uma importante força ideológica do partido a quem muitos encorajaram a concorrer à presidência.

Além disso, conseguiu o apoio da senadora Kelly Ayotte e do congressista Charlie Bass, dois legisladores republicanos por New Hampshire, o que lhe promete boas opções no Estado.

Segundo uma pesquisa diária da Universidade de Suffolk/7 News, Romney mantém nesta quarta-feira, com 43% das intenções de voto, forte liderança na disputa em New Hampshire seguido pelo congressista texano Ron Paul, com 14% das intenções de votos.

Santorum, o ex-senador da Pensilvânia que perdeu por pouco de Romney em Iowa, está em quinto lugar na pesquisa sobre New Hampshire, com apenas 6% de apoio. Mas a enquete mostrou que ele ganha terreno sobre o ex-presidente da Câmara Newt Gingrich, cujo nível de apoio caiu de 9% para 7%.

"Se Santorum ultrapassar Gingrich e derrotá-lo no quinto lugar, isso seria fatal para Gingrich", disse David Paleologos, diretor do Centro de Pesquisa Política da Universidade de Suffolk, em comunicado. Gingrich e Romney devem chegar a New Hampshire na quarta-feira para continuar sua campanha.

O ex-governador de Utah Jon Huntsman, que centrou os esforços de sua campanha em New Hampshire, mantém o terceiro lugar com 9% das intenções de voto.

*Com AFP, EFE e Reuters

    Leia tudo sobre: eleição nos euaromneymccainsantorumron paulgingrichhuntsmanrepublicanoscaucus iowa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG