Romênia apreende 1.200 quilos de cocaína procedente do Brasil

Bucareste, 31 jan (EFE).- Um carregamento de 1.

EFE |

200 quilos de cocaína procedente do Brasil e com um valor estimado no mercado negro de mais de US$ 63 milhões foi apreendido pela Polícia romena em um navio mercante no porto de Konstanz, no Mar Negro, informaram hoje as autoridades.

Quatro pessoas foram detidas na noite de ontem quando iriam transportar a mercadoria, informou a Polícia antidroga local.

O navio havia chegado a Konstanz no final de dezembro procedente do Brasil e transportava, de acordo com a documentação de alfândega, madeira para construção.

A droga estava escondida em bolsas no fundo de um contêiner, e foi descoberta pelas autoridades da alfândega quando faziam o controle da mercadoria.

O chefe do Escritório Antidroga e contra o Crime Organizado (Bccoa, na sigla em romeno) de Konstanz, o comissário Aurelian Pavel, explicou que a cocaína apresentava um alto grau de pureza, e seria misturada em laboratórios antes de chegar ao mercado.

Os detidos, que serão levados hoje ao Tribunal de Konstanz, pertencem a "uma rede de crime organizado formada por cidadãos romenos e estrangeiros", explicou Pavel.

O comissário Tomada Rus, um dos coordenadores da investigação, declarou à imprensa local que se trata de uma das maiores apreensões de droga realizadas na Europa nos últimos dez anos. EFE mg/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG