Romance polêmico sobre esposa de Maomé será publicado em breve em Londres

Uma editora independente britânica se comprometeu nesta quarta-feira a publicar no próximo mês um romance dedicado à esposa mais jovem do profeta Maomé, apesar da polêmica suscitada nos Estados Unidos e na Sérvia.

AFP |

A editora Gibson Square, conhecida por ter publicado obras controversas como "A Explosão da Rússia" (Blowing Up Russia) de Alexander Litvinenko, considerou "imperativo" oferecer ao público "A jóia de Medina" (The Jewel of Medina), da jornalista e escritora americana Sherry Jones.

A editora norte-americana Random House havia desistido em agosto de publicar o romance, temendo que ele pudesse ofender alguns membros da comunidade muçulmana.

A obra já tinha sido recolhida das livrarias na Sérvia devido a protestos da comunidade muçulmana local.

Mas Martin Rynja, da Gibson Square, considerou que "em uma sociedade aberta, deveria haver um acesso aberto às obras literárias, pouco importando as crenças". "Como editora independente, consideramos que não devemos ter medo das conseqüências de um debate", acrescentou.

lv/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG