Romance de Jean-Louis Fournier sobre filhos com deficiências ganha Femina

Paris, 3 nov (EFE).- O romance Où on va papa?, de Jean-Louis Fournier, um relato autobiográfico sobre seus dois filhos portadores de deficiências, que já se transformara em um sucesso de vendas, venceu o Femina, um dos principais prêmios literários da França.

EFE |

O júri do Femina, composto apenas por mulheres, decidiu assim destacar o único dos finalistas que obteve sucesso de vendas e o apoio da crítica.

A obra de Fournier conseguiu oito votos, o dobro dos recebidos por "Pour Vous", de Dominique Mainard.

Desde sua publicação no final de outubro, "Où on va papa?", um relato curto no qual o autor mostra seu amor por seus dois filhos, vendeu mais de 100 mil exemplares na França.

Em suas 150 páginas, "Où on va papa?" relata, em forma de pequenas cenas, lembranças sobre a vida de Mathieu e Thomas, começando pela dificuldade que supôs o nascimento dos dois com duras deficiências mentais e dificuldades motoras, mas que acaba se transformando em uma autêntica declaração de amor.

Aos 69 anos e com duas dezenas de livros em sua carreira, este prêmio representa a consagração de Fournier, cuja obra também concorre a outro importante prêmio literário francês, o Goncourt, que será anunciado no dia 10 deste mês.

O Femina de romance estrangeiro foi entregue ao italiano Sandro Veronesi por "Caos calmo" (no qual se baseia o filme do mesmo título protagonizado por Nanni Moretti), enquanto o de ensaio contemplou Denis Podalydès por "Voix off". EFE lmpg/ab/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG