Roma: manifestação contra a visita de Bush na Itália

Cerca de mil pessoas foram às ruas de Roma nesta quarta-feira para protestar contra a visita à Itália do presidente americano George W. Bush e sua política no Afeganistão, constatou um correspondente da AFP.

AFP |

O grupo, vigiado a distância pela polícia, partiu da Piazza della Repubblica, no centro da cidade, dirigindo-se à frente da embaixada dos Estados Unidos em Roma.

"Bush terrorista", "Bush senhor da guerra", "Itália fora da Otan" diziam os manifestantes, essencialmente italianos, mas também americanos do movimento Peace and Justice (Justiça e paz), presentes nas primeiras filas do cortejo.

A manifestação exigia também a retirada das tropas ocidentais do Afeganistão e do Líbano.

Segundo os organizadores do movimento No war, os participantes eram 10.000; a polícia preferiu não falar sobre números.

O presidente americano George W. Bush chegou a Roma nesta quarta-feira, na terceira etapa de sua turnê européia durante a qual vai se encontrar com Silvio Berlusconi e o Papa Bento XVI, em reuniões dominadas pela questão do Irã e do Afeganistão.

str-ljm/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG