Rogge pede paz no Tibete e condena o uso da violência

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, pediu nesta quarta-feira à China uma solução pacífica da crise no Tibete e condenou o uso da violência, que segundo ele é incompatível com os valores olímpicos.

AFP |

"Pedimos uma resolução rápida e pacífica da crise no Tibete, que desencadeou uma onda protestos no mundo", declarou Jacques Rogge, que participa em Pequim de uma reunião de três dias com dirigentes dos comitês olímpicos nacionais.

"A passagem da tocha olímpica tem sido atacada. O Comitê Olímpico Internacional expressa sua viva inquietação e pede uma resolução rápida e pacífica no Tibete", reiterou Rogge, depois dos protestos que afetaram a passagem da tocha no por Londres no domingo.

"Independente da razão, a violência não é compatível com os valores da chama olímpica nem com os Jogos Olímpicos", afirmou Rogge.

cw-frb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG