Roda gigante quebra e prende 100 por 6 horas em Cingapura

CINGAPURA (Reuters) - Mais de 100 pessoas que ficaram presas por seis horas na maior roda gigante do mundo, em Cingapura, estavam sendo retirados do brinquedo e recebiam tratamento médico nesta terça-feira. A roda gigante da empresa Singapore Flyer parou de funcionar depois de um curto circuito em um dos motores, segundo uma porta-voz da empresa.

Reuters |

Havia 173 pessoas a bordo, incluindo muitos turistas.

A roda voltou a funcionar mais de seis horas depois e os passageiros foram levados às pressas para ambulâncias, segundo uma testemunha da Reuters.

A porta-voz da Flyer disse que os passageiros receberam água e comida durante o tempo em que ficaram presos na atração.

A roda gigante Flyer tem 165 metros, 30 metros mais alta do que a London Eye. São 28 cápsulas do tamanho de um ônibus, presas a uma roda de 150 metros de diâmetro. Cada cápsula comporta 28 pessoas.

A Flyer começou a operar em fevereiro e é uma tentativa de estimular o turismo em Cingapura.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG