O presidente zimbabuano, Robert Mugabe, reempossado neste domingo como chefe de Estado após um simulacro de eleição presidencial na qual foi o único candidato, deixou o Zimbábue para tomar parte da cúpula da União Africana (UA) no Egito.

"O presidente Mugabe partiu de Harare na noite passada (...) para o Egito, para participar da cúpula da União Africana que começa hoje", anunciou o jornal oficial The Herald em sua edição de segunda-feira.

Vários dirigentes africanos, principalmente do Senegal e da Tanzânia, exigiram o adiamento do segundo turno das eleições zimbabuanas na sexta-feira, por acreditar que o clima no país não era favorável para a realização de uma votação livre e justa.

bur-mjs/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.