Robert De Niro é perdoado por construção ilegal em seu hotel de Nova York

Ator é proprietário do luxuoso hotel que foi desenhado pelo arquiteto Axel Vervoordt no bairro nova-iorquino de Tribeca

EFE |

As autoridades de Nova York perdoaram nesta terça-feira o ator Robert De Niro por construir uma cobertura no terraço de seu Hotel Greenwich, em Manhattan, e autorizaram a manutenção sempre que houver necessidade de reformas menores.

"Estou contente. A sensibilidade prevaleceu", disse o protagonista de "Taxi Driver" e "Touro Indomável" na saída do Tribunal.

O ator é proprietário do luxuoso hotel que foi desenhado pelo arquiteto Axel Vervoordt no bairro nova-iorquino de Tribeca.

Os membros da Comissão de Preservação da Paisagem de NY autorizaram a manutenção, após aceitar as modificações que os próprios arquitetos contratados pelo ator propuseram, entre elas a retirada de uma pérgula coberta por parreiras.

Com a decisão desta terça-feira, termina mais um ano de conflitos sobre a cobertura, que foi construída no edifício ocupado pelo luxuoso hotel de Robert De Niro, que tem 88 quartos e que foi inaugurado em 2008, mas que não estava incluída nos planos iniciais. 

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG