Rival de Mugabe toma posse como primeiro-ministro do Zimbábue

HARARE - O líder oposicionista do Zimbábue Morgan Tsvangirai tomou posse como primeiro-ministro nesta quarta- feira, sob um acordo de divisão do poder com o presidente Robert Mugabe.

Reuters |

Os dois concordaram em dividir o poder no ano passado, com o objetivo de encerrar um impasse político, mas a desconfiança mútua e os desentendimentos contínuos despertaram dúvidas sobre quão bem eles podem trabalhar juntos e se conseguirão salvar o país africano, que também passa por uma grande crise econômica e humanitária.

A cerimônia de posse de Tsvangirai, 56, foi ministrada por Mugabe em Harare, capital do país.


Morgan Tsvangirai tomou posse nesta quarta-feira / AP

Violência contra a oposição

O líder oposicionista ganhou o primeiro turno das eleições no ano passado, mas abandonou a disputa no segundo turno devido à violência contra seus seguidores.

A implementação do acordo de divisão de poder veio somente depois que aumentaram as pressões dos países do sul da África por temerem um colapso completo no Zimbábue, que já teve seus dias de prosperidade.

Mugabe, no poder desde que o país obteve a independência da Grã-Bretanha, em 1980, é um dos líderes políticos mais astutos da África. Tsvangirai é ex-líder sindicalista conhecido pelos discursos inflamados, mas seu talento na liderança ainda não foi testado no governo.

Os zimbabuanos esperam que o novo governo traga políticas que reanimem o país, que sofre com a hiperinflação, o desemprego acima de 90 por cento, a falta de comida e uma epidemia de cólera que já matou quase 3.500 pessoas.

Leia mais sobre Zimbábue

    Leia tudo sobre: zimbábue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG