Rio teve mais de 7 mil mortes violentas entre janeiro e novembro de 2009

Rio de Janeiro, 4 jan (EFE).- O Rio de Janeiro teve 7.

EFE |

027 mortes violentas entre janeiro e novembro de 2009, informou hoje o Governo estadual.

Por tipo de mortes no estado, que tem 15 milhões de habitantes, houve 5.318 assassinatos nesses 11 meses, segundo o balanço divulgado pelo Instituto de Segurança Pública (ISP).

Os homicídios em segundo grau chegaram a 230. No período, foram encontrados 476 corpos cuja "causa mortis" está sob investigação.

Também foram contados 29 policiais mortos em serviço e 974 supostos bandidos vítimas de enfrentamentos com as forças de segurança.

Desses índices, o número de assassinatos é o único que piorou entre janeiro e novembro, já que houve um aumento de 2% segundo os números do ISP.

Os demais indicadores refletiram leves reduções, incluindo o número de mortes ocorridas em tiroteios com a Polícia, ponto que preocupa especialmente os organismos internacionais de defesa dos direitos humanos.

O último organismo a levantar a voz foi a ONG Human Rights Watch (HRW), organização que em dezembro passado publicou um relatório no Rio de Janeiro no qual denunciou a morte de 11 mil pessoas pelas mãos da Polícia do Rio e de São Paulo nos últimos cinco anos. EFE mp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG