Tamanho do texto

Rio de Janeiro, 4 mai (EFE).- A cidade do Rio de Janeiro fez hoje o lançamento oficial da campanha para ser declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, e as belezas naturais serão os trunfos dos cariocas para ter sucesso no projeto.

Os coordenadores da campanha destacaram alguns dos principais pontos turísticos da cidade, como Floresta da Tijuca, Jardim Botânico, Aterro do Flamengo, além das praias.

O projeto também realça as manifestações culturais no Rio, além de sua contribuição no panorama cultural através do samba, bossa nova e Carnaval.

O evento desta segunda contou com a presença do governador do Rio, Sergio Cabral, o prefeito da cidade, Eduardo Paes, além do ministro da Cultura, Juca Ferreira. As autoridades assinaram hoje o Acordo de Cooperação, um dos primeiros passos para oficializar a campanha.

Em seu discurso, Ferreira destacou alguns valores do Rio, como o "futebol arte".

Já o presidente do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Luiz Fernando de Almeida, disse que a cidade é única.

"Ainda não existe uma cidade que tenha sido reconhecida como Paisagem Cultural porque não existe nenhuma cidade como o Rio de Janeiro", declarou.

O dossiê da candidatura será elaborado até setembro. Em seguida, o documento será enviado para a Unesco, que manifestará sua posição em meados de 2011.

Há oito anos, foi enviado o primeiro relatório à Unesco. Naquela oportunidade, a proposta era tornar o Rio Patrimônio da Humanidade na categoria de Patrimônio Misto, Natural e Cultural.

A proposta foi rejeitada pelo organismo que, no entanto, reconheceu os méritos da cidade e aconselhou os cariocas a se lançarem na categoria Paisagem Cultural. EFE edv/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.