Ricky Martin visita áreas devastadas por terremoto no Haiti

Porto Príncipe, 19 jan (EFE).- O cantor portorriquenho Ricky Martin visitou hoje Porto Príncipe, a capital do Haiti, e percorreu os bairros mais atingidos pelo forte terremoto da semana passada, informou a organização Habitat for Humanity International.

EFE |

"As imagens que tenho em minha mente serão impossíveis de apagar.

As crianças e as famílias afetadas por este desastre precisarão durante muito tempo de ajuda para seguir adiante com a vida", disse o artista.

A organização dará aos haitianos equipamentos e ferramentas para que possam reparar as casas danificadas. "Queremos proporcionar os maiores recursos possíveis para que as famílias voltem a suas casas", disse o presidente da Habitat for Humanity, Jonathan Reckford, que acompanhou Ricky Martin.

"Acho que a última coisa que queremos para uma criança é que fique sem casa. Juntos temos que proteger as crianças e famílias vítimas do terremoto do Haiti", afirmou o artista, que pediu doações para o fundo RMF/HFH, criado conjuntamente pela Habitat for Humanity e a Fundação Ricky Martin.

O terremoto de 7 graus na escala Richter aconteceu às 19h53 (Brasília) da terça-feira passada e teve epicentro a 15 quilômetros da capital haitiana, Porto Príncipe. Em declarações à Agência Efe, o primeiro-ministro do Haiti, Jean Max Bellerive, disse que o número de mortos superará 100 mil.

O Exército brasileiro informou que pelo menos 17 militares do país que participavam da Minustah morreram em consequência do terremoto.

A médica Zilda Arns, fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança, e Luiz Carlos da Costa, o segundo civil mais importante na hierarquia da ONU no Haiti, também morreram no tremor. EFE jsm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG