Bill Richardson, o governador latino do Novo México, defendeu nesta quinta-feira o fortalecimento das relações dos Estados Unidos com a América Latina, antes do esperado discurso do candidato à Casa Branca Barack Obama para encerrar a convenção democrata de Denver (Colorado, oeste dos EUA).

"Vamos ter um presidente que dará a devida atenção à América Latina e ao México", afirmou o governador em espanhol, diante das quase 75.000 pessoas que lotaram o estádio Invesco em Denver para assistir ao discurso de Obama.

A intervenção de Richardson mostra que os democratas estão se esforçando para atrair o eleitorado hispânico.

O governador de Novo México também criticou duramente a política externa do atual presidente, George W. Bush, e a que promete o candidato republicano, John McCain.

"Vamos ter um presidente que vai fechar Guantánamo e acabar com a tortura", afirmou o ex-embaixador dos Estados Unidos na ONU, que se candidatou às primárias democratas para tentar se tornar o primeiro presidente latino da história do país.

arz/yw/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.