Rice viaja ao Golfo para obter apoio árabe ao Iraque

A secretária americana de Estado, Condoleezza Rice, viaja esta semana ao Golfo Pérsico para pedir aos países árabes que ajudem na reconstrução do Iraque, no momento em que Washington tenta reduzir a influência do Irã neste país.

AFP |

Após uma série de reuniões no Barein, na segunda-feira, com seus homólogos do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), que reúne as seis monarquias da região, Rice participará na terça-feira, no Kuwait, de uma conferência internacional de vizinhos do Iraque.

"O que o Iraque mais precisa, e é o que vou dizer no Kuwait, é de um apoio forte de seus vizinhos", declarou Rice na quinta-feira em entrevista coletiva.

Demonstrar ao Iraque que é bem-vindo no mundo árabe vai "protegê-lo da influência do Irã, que é nefasta".

A secretária de Estado lembrou aos dirigentes árabes sunitas do Golfo (Arábia Saudita, Kuwait, Emirados Árabes Unidos, Barein, Omã e Qatar) que precisam "cumprir suas promessas" de reforçar seus laços diplomáticos, econômicos, culturais e sociais com o governo iraquiano, controlado pelos xiitas.

Rice pedirá especialmente a abertura de embaixadas em Bagdá, uma mensagem já transmitida a Riad pelo embaixador dos Estados Unidos no Iraque, Ryan Crocker.

lc/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG