Rice se reunirá amanhã com Zardari, que oferece à Índia julgar terroristas

Islamabad, 3 dez (EFE).- O presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, se reunirá amanhã com a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, informou hoje à Agência Efe uma porta-voz paquistanesa, que reiterou que seu país está disposto a julgar os terroristas que atentaram em Mumbai se a Índia provar que estão no Paquistão.

EFE |

Rice, que hoje se encontra em Nova Délhi, viajará a Islamabad "possivelmente na quinta-feira de manhã para se reunir com as autoridades paquistanesas" e "analisar a situação" na região, disse a porta-voz Faranaz Isapahani.

Zardari adiou para amanhã uma viagem oficial à Turquia que tinha prevista para hoje, segundo a porta-voz.

Isapahani reiterou a intenção, manifestada por Zardari em entrevista na terça-feira à "CNN", de julgar em tribunais os paquistaneses que forem comprovados responsáveis dos ataques terroristas a Mumbai, nos quais 188 pessoas morreram.

Se a Índia oferecer provas ao Paquistão do envolvimento de paquistaneses, "os julgaremos em nossos tribunais, em nossa terra, e os sentenciaremos", disse Zardari à rede americana.

A "oferta" de Zardari representa, na verdade, a rejeição ao pedido indiano de que o Paquistão entregue cerca de 20 "fugitivos" que estão escondidos em território paquistanês e são procurados pela Justiça da Índia por diversos atos de terrorismo.

Entre eles está Mohammed Said, chefe do grupo Lashkar-e-Toiba (LeT), ao qual a Índia acusou pelo ataque contra Mumbai e por outros atentados anteriores.

Zardari reiterou novamente que o Estado paquistanês "não é responsável de nenhuma maneira" do ocorrido na cidade indiana.

"O Paquistão, certamente, não está envolvido. Nós somos vítimas" do terrorismo, disse.

Após o encontro com Rice, que pediu ao Paquistão que colabore com a Índia para encontrar os culpados do ataque a Mumbai, Zardari se reunirá na Turquia com os máximos líderes turcos e com o presidente afegão, Hamid Karzai. EFE igb-ja/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG