Rice pede que Paquistão coopere na investigação dos ataques em Mumbai

Londres, 1 dez (EFE).- A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, pediu hoje ao Paquistão que coopere na investigação dos atentados cometidos na semana passada na cidade indiana de Mumbai, que deixaram 188 mortos.

EFE |

"Não quero chegar a nenhuma conclusão sobre isso (os ataques), mas acho que é hora de haver uma cooperação e uma transparência total e absoluta (por parte do Governo paquistanês)", disse Rice aos jornalistas que viajam com ela para Londres.

"É muito importante que se dê o mais alto nível de cooperação entre Paquistão e Índia neste momento, e isso afeta todas as instituições", disse a secretária de Estado americana, ao início de uma viagem que a levará na quarta-feira à Índia.

Membros do Governo indiano apontaram "elementos no Paquistão" como possíveis autores dos ataques, apesar de não se saber, por enquanto, quem está por trás do massacre.

Em Londres, Rice deve se encontrar hoje com o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, e seu ministro de Exteriores, David Miliband, com que abordará os atentados de Mumbai, entre outros assuntos.

A chefe da diplomacia americana também assistirá na terça-feira, em Bruxelas, à reunião dos ministros de Exteriores dos países-membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Na quarta-feira, Rice chegará a Nova Délhi com o objetivo de mostrar ao Governo indiano a vontade de Washington de colaborar na investigação dos atentados, antecipou no domingo a porta-voz da Casa Branca, Dana Perino. EFE pa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG